Prótese de Panturrilha

Prótese de Panturrilha
 

Qual é o limite para o aumento da panturrilha?

A panturrilha não é uma área tão distensível quanto a mama, porque a pele é menos elástica e a camada muscular e a adiposa são muito maiores e mais grossas. Por esse motivo não é possível ter uma variedade de aumento e de formato muito grande. Além disso, o limite de aumento depende da harmonia que a panturrilha vai compor com o resto do corpo do paciente.

A cicatriz da inclusão de prótese de panturrilha é muito perceptível?

Não. Felizmente este tipo de cirurgia permite que a cicatriz seja disfarçada. Ela fica no sulco atrás do joelho, ficando confundida entre as pregas naturais do local.



Há possibilidade da minha cicatriz ficar visível?

Há pacientes com tendência à cicatrização hipertrófica, ou seja, a cicatriz fica elevada, semelhante a um queloide. Mas esse super crescimento do tecido tende a regredir espontaneamente. Outro problema pode ser a formação de queloide propriamente dito. Durante a primeira consulta o cirurgião plástico pode prever parcialmente essa tendência, ao fazer um questionário sobre a vida clínica pregressa e características familiares. O local da cicatriz da prótese de panturrilha raramente apresenta problemas desse tipo.

Se eu tiver algum problema com a cicatrização há como corrigi-lo?

Existem vários recursos que podem melhorar a situação da cicatriz, tanto cirúrgicos quanto clínicos, mas têm de ser feitos no tempo certo. Não se preocupe, entretanto, com o período inicial do pós-cirúrgico, no qual a maturação da cicatriz ainda não começou a evoluir.

Como ficará a forma e a consistência da minha panturrilha após a cirurgia?

Após a colocação das próteses, as panturrilhas terão seu volume aumentado e ocorrerá uma melhora na consistência e forma, pois ficarão com o aspecto de músculo enrijecido, já que a prótese de panturrilha é mais dura do que as de mama, por exemplo. Sem deixar de obedecer à harmonia natural formada pelo tamanho do tronco e pernas.

Posso escolher o tamanho e o formato da minha prótese?

O cirurgião plástico e o paciente entrarão em um consenso quanto à prótese ideal a ser colocada. Cada caso requer um estudo para que o resultado final fique equilibrado e harmônico.

A prótese de silicone pode estourar?

Se o paciente seguir corretamente as orientações do médico, não. O silicone utilizado atualmente para cirurgias desse tipo é de alta tecnologia, portanto muito mais resistente.

O resultado final é imediato?

Não. Nenhuma cirurgia plástica apresenta os resultados finais ao final do procedimento. Apesar disso, a inclusão de prótese de panturrilha permite que se tenha uma noção muito boa imediatamente de como ficará a perna após os meses de espera para a forma definitiva.

Eu sentirei muita dor após a cirurgia?

Nos primeiros dias é normal sentir dores musculares na área trabalhada, mas nada que não possa ser controlado com analgésicos e antiinflamatórios.

Há riscos nesse tipo de cirurgia?

Toda a cirurgia plástica, assim como qualquer procedimento cirúrgico envolve um risco. Este risco é minimizado quando os pré-requisitos de segurança são respeitados.

Que tipo de anestesia é utilizado na prótese de panturrilha?

Depende da necessidade do paciente. Pode ser utilizada a peridural, raqui ou a geral. O anestesista e o cirurgião escolherão a ideal para você.

Quanto tempo dura a cirurgia e a internação?

A cirurgia não passa de uma hora e meia e o paciente permanece internado pelas próximas 24 horas.

É necessário retirar os pontos?

Não, porque nesse tipo de cirurgia são utilizados pontos absorvíveis. Mas se forem utilizados pontos comuns, após cerca de dez dias os pontos são retirados.

Vou precisar usar dreno?

Não.

Em quanto tempo poderei tomar banho?

No dia seguinte. Não há restrições quanto ao banho no pós-cirúrgico, somente se recomenda a utilização de sabonete neutro.

Quando poderei voltar a praticar exercícios?

Exercícios como musculação e ginástica podem voltar a ser praticados dentro de dois meses. Deve-se evitar, porém, os esportes de contato por mais algum tempo. O cirurgião plástico deverá orientá-lo bem quanto a isso, já que depende da recuperação de cada paciente.

Pode ocorrer rejeição da prótese pelo meu corpo?

Na verdade não existe a chamada rejeição da prótese, já que o silicone utilizado na sua produção é inerte à produção de anticorpos. O corpo não o reconhece como um “inimigo”. Há casos em que ocorre uma retração exagerada da cápsula fibrosa do organismo. Isto significa que a região fica endurecida além do normal. Caso isso aconteça, a prótese é retirada. O cirurgião plástico e o paciente devem, então, decidir sobre a possibilidade da colocação de próteses menores e fazer uma nova tentativa.

Precisarei fazer uma nova cirurgia para trocar as próteses?

O desenvolvimento tecnológico do silicone cirúrgico e da própria cirurgia aumentou o tempo de permanência com a mesma prótese para cerca de trinta anos. Uma nova cirurgia precisa ser feita sim, mas será feito um corte na mesma cicatriz da anterior. Mas deve ser feito o acompanhamento anual com seu cirurgião.

Posso aproveitar o ato cirúrgico para fazer outras cirurgias ao mesmo tempo?

Sim. É comum que se associe a inclusão de prótese de silicone à lipoaspiração, por exemplo. Tudo vai depender da conveniência da associação, que será estudada pelo cirurgião plástico.

 
voltar 
Contato

+55 (84) 4008.3366 | 99959.1102
contato@carolinadantas.com.br

Onde estamos
Clínica de Oncologia e Mastologia de Natal
Av. Afonso Pena, 1071 - Tirol Natal-RN
Encontre no mapa
 

DRA. CAROLINA DANTAS© 2017. Todos os direitos reservados.

WSete Design