Recomendações pré e pós operatórias

A realização de uma cirurgia plástica esta normalmente associada a graus variados de ansiedades por parte das pacientes e seus familiares. Visando reduzir esse quadro preparamos algumas orientações gerais para que algumas dúvidas sejam tiradas de forma satisfatória.

O primeiro passo para uma cirurgia bem sucedida é fazer uma avaliação clínica criteriosa com seu cirurgiao. Um pré operatório bem programado pode diagnosticar problemas a serem corrigidos no ato operatório e minimizar complicações pós cirúrgicas. Os exames necessários para cada cirurgia são baseados no tipo de cirurgia a ser realizado e nas individualidades de cada paciente. De uma maneira global são realizados exames sanguíneos, avaliações mamárias e abdominais e risco cirúrgico cardiológicos. Da mesma maneira que os exames são importantes, conhecer as medicações que cada paciente usa também é de suma importância para o procedimento, pois algumas medicações necessitam ser suspendidas antes do procedimento. São elas:

1- AAS( ácido acetil salicílico) e seus derivados, ginko biloba e ginseng - 10 dias antes da cirurgia.
2 - Fumo e derivados do tabaco devem ser suspensos 1 mês antes do procedimento.
3 - Bebidas alcoólicas devem ser suspensas 48 hs antes.
4 – Anticoncepcionais, quando possível, suspender 15 dias antes da cirurgia.
5 - O uso de anti-hipertensivos segue orientações de rotina de cada paciente e são tomados pela manha antes da cirurgia.

Tão importante quanto um pré operatório bem feito e detalhado é seguir as orientações do pós operatório para maximizar os resultados obtidos com a cirurgia. As cintas ou malhas de compressão são indicadas nas cirurgias corporais principalmente as que envolvem lipoaspiração com o objetivo de moldar a pele ao novo contorno corporal, diminuir edemas e ajudar a manter a posição ereta para evitar dobras indesejadas na barriga. Um papel fundamental das malhas que trabalham com compressão é compactar os tecidos que sofreram algum tipo de trauma durante a cirurgia. Portanto, deve ser confortável uma vez que seu objetivo é conter e não apertar. Cintas apertadas causam dor e aumento do edema. O período da cinta pode variar de 1 a 3 meses dependendo da cicatrização, flacidez e acomodação da pele de cada paciente.

Outro grande aliado fundamental é o auxilio de fisioterapeutas dermo-funcionais na realização dos procedimentos de drenagens linfáticas. Além de diminuir o desconforto, edema e dor no pós operatório ajudam a acelerar o processo de acomodação dos tecidos, previne complicações como seromas e hematomas e melhoram o resultado final da cirurgia. O manuseio dos tecidos por profissionais não capacitados podem comprometer o resultado da cirurgia.

Importante ressaltar que o retorno às atividades cotidianas e atividades físicas deve ser individualizado, dependendo do tipo de cirurgia realizada, onde o(a) paciente é liberado(a) aos poucos pelo médico cirurgião plástico que acompanha o pós operatório. De uma maneira geral atividades leves são liberadas com 30 dias enquanto atividades com maior intensidade, 90 dias.

 
Voltar
Contato

+55 (84) 4008.3366 | 99959.1102
contato@carolinadantas.com.br

Onde estamos
Clínica de Oncologia e Mastologia de Natal
Av. Afonso Pena, 1071 - Tirol Natal-RN
Encontre no mapa
 

DRA. CAROLINA DANTAS© 2017. Todos os direitos reservados.

WSete Design