Ginecomastia

Ginecomastia
 

O que é ginecomastia?

Literalmente falando significa mamas femininas nos homens. Isto acontece mais frequentemente durante a puberdade ou na velhice, devido às mudanças hormonais que acontecem nestas fases da vida de um homem. Na adolescência a ginecomastia é benigna na maior parte dos casos, podendo ser corrigida. Em faixa etária mais avançada devem-se pesquisar outras causas prováveis e assim tratar as duas coisas, a causa e o efeito (a glândula desenvolvida). É sabido que o uso abusivo de bebida alcoólica, maconha e anabolizantes poderão predispor ao desenvolvimento da doença.

Quais são os sinais e sintomas da ginecomastia?

No homem adulto normalmente não há tecido mamário palpável. A ginecomastia verdadeira apresenta a glândula palpável na região mamária, variando de 1,0 à +/- 10 cm de diâmetro.

Na ginecomastia falsa, pseudoginecomastia ou lipomastia ocorre o aparecimento de mama no homem pelo acúmulo de gordura, especialmente em pessoas obesas. Poderá apresentar-se unilateral ou bilateralmente, com volumes aparentemente iguais ou diferentes. O tempo de aparecimento poderá ser igual para as duas mamas ou diferente, ou acontecer em apenas uma mama. O mamilo (bico) e a aréola raramente apresentam mudanças significativas, embora à hipertrofia mamilar e o alargamento da aréola possam ocorrer. Dor é um sintoma ocasional em casos de ginecomastia verdadeira.

Existe algum tipo de classificação da ginecomastia e qual a correlação com as necessidades cirúrgicas?

Primeiro Grau: nódulo de tecido glandular concentrado ao redor e abaixo da aréola, em pacientes com tórax não gorduroso e sem excesso de pele. Geralmente são fáceis de remover através de pequena incisão na região areolar.

Segundo Grau: a ginecomastia se apresenta difusa no tórax. Com mais tecido gorduroso associado ao aumento da glândula mamária. A correção se faz através da ressecção da glândula associada à lipoaspiração tecido gorduroso ao redor, para melhor resultado.

Terceiro Grau: a ginecomastia é difusa, com grande excesso de pele. Estes pacientes necessitam de uma técnica mais elaborada e lipoaspiração complementar. Poderão necessitar de retirada de pele e reposicionamento do complexo aréolo-mamilar em alguns casos.

Tenho 15 anos e comecei a notar um peitinho do lado direito. O tempo do aparecimento é de 4 meses. Estou preocupado e pergunto se isso poderá desaparecer, se tenho que tomar algum remédio; e se o outro peito vai aumentar?

A ginecomastia é muito comum na sua idade devido às alterações hormonais dessa fase. Pode aparecer só de um lado ou dos dois. Entretanto, não se pode afirmar se haverá crescimento ou não do outro lado. Como sua ginecomastia é recente e ainda está na adolescência, você ainda pode esperar por mais ou menos dois anos para ver se regride. Caso contrário terá que submeter-se a cirurgia para correção.

Estou com 26 anos e tenho ginecomastia nas duas mamas, sendo que uma é maior que a outra, mas tenho medo de cirurgia. Gostaria de saber se a minha ginecomastia regredirá ou se existe algum remédio que possa tomar e fazer a ginecomastia desaparecer?

Na sua faixa etária a indicação é a correção cirúrgica. Não há garantia de resultado com nenhum medicamento. É importante pesquisar outras causas para a ginecomastia.

Qual a melhor técnica cirúrgica para retirar uma ginecomastia?

Depende do tipo da ginecomastia; se verdadeira a ressecção opta-se pela ressecção cirúrgica cirúrgica, se falsa ou lipomastia a lipoaspiração é uma boa indicação. Em muitos casos os dois procedimentos podem ser necessários no sentido de aprimorar o resultado.

Um homem poderá ter um peito grande por causa de uma ginecomastia?

Sim. Existem casos de grandes ginecomastias, verdadeiras ou falsas, cujo desenvolvimento forma verdadeiras mamas femininas em homens.

Fiz a cirurgia de correção de ginecomastia, mas ficou com umas ondulações na pele. Quero saber se há possibilidade de correção e se poderá ter ficado glândula?

É possível melhorar com uma lipoaspiração complementar ou ressecção de algum remanescente da glândula, se houver. É preciso examinar pessoalmente par identificar a razão do problema.

Depois que fiz a correção da ginecomastia o meu peito, na região da aréola, ficou muito fundo. Há possibilidade de correção?

Provavelmente não houve uma regularização nas laterais da ressecção glandular, ou a glândula foi retirada totalmente abaixo da aréola. Pode-se conseguir melhorar o resultado com uma lipoaspiração ao redor da aréola ou liberação da depressão e enxerto de gordura. Temos que avaliar pessoalmente.

Já está fazendo 1 ano que fiz a correção da ginecomastia nas duas mamas. Ficou uma cicatriz bem no meio da aréola e mamilo, mas ainda acho que está alto em volta das duas mamas. Será que ainda tem glândula mamária ou é apenas gordura?

Pode ser que haja gordura em volta que necessite ser regularizada. Não temos como afirmar se ainda há glândula sem examinar pessoalmente.

Fiz a cirurgia de correção de ginecomastia há 5 dias e uma mama está maior que outra e inchada, o que poderá está acontecendo?

O tempo de pós-operatório é muito recente e pode ser natural estarem diferentes devido ao trauma cirúrgico. Entretanto deve-se observar a evolução para afastar a hipótese de um seroma ou de hematoma.

Sou travesti e usei muito hormônio feminino (pílula anticoncepcional) quando estava na adolescência. Cresceu um bom peitinho, mas agora estou com 27 anos e cansado de tomar a “pílula”. Quero colocar um silicone. Pergunto se para colocar o silicone tenho que retirar a glândula mamária que fiz através do uso de estrogênio?

Não é necessário retirar a glândula neste caso. Pode ser feita a inclusão da prótese da mesma forma que nas mulheres.

Doutora, eu tenho muita vergonha de mim, não saio na rua, não tenho namorada, não pratico esporte e não tiro a camisa de jeito nenhum. Estou com 29 anos e acho que não tenho ginecomastia, pois os meus peitos são grandes, iguaizinhos de uma mulher. Quando tenho que sair porque é o jeito, passo uma faixa bem apertada em volta do meu tórax para disfarçar, mas acho que estou sendo observado o tempo todo. Não sou gay e nunca tomei pílula ou anabolizante. O meu caso tem solução? Por favor, doutora me ajude.

Sim, há solução através de uma cirurgia de ressecção do tecido glandular e gorduroso local, com provável retirada do excesso de pele. É importante salientar que as técnicas cirúrgicas a serem utilizadas poderão resultar em cicatrizes tipo uma vertical ou um “T”invertido de acordo com o caso.

Tenho ginecomastia apenas em uma mama. Já andei me informando sobre o assunto e, a minha preocupação é perder a sensibilidade do peito quando for operado. É verdade que quem faz essa cirurgia perde a sensibilidade?

Pode ocorrer diminuição da sensibilidade em alguns casos; mas raramente a perda total. Contudo, a maioria não tem esse problema e se beneficia com o resultado estético.

Estou com 25 anos e malho muito. Por causa do meu trabalho atual, parei de malhar e reparei que o meu peitoral murchou mais o bico dos dois peitos estão mais salientes e para baixo. Pergunto se é ginecomastia? Será preciso fazer uma cirurgia? E quanto tempo tenho que me ausentar do trabalho?

Isso é uma ginecomastia. Provavelmente você já tivesse um amento da glândula, mas que não era notado devido ao volume do seu peitoral enquanto fazia exercícios físicos freqüentes. Isto indica a correção cirúrgica e você precisará de três a cinco dias de ausência no trabalho para recuperar-se.

Tenho 35 anos e como sou gordinho pressuponho que tenho pseudoginecomastia. Gostaria de saber se a lipoaspiração resolverá o meu problema, mas questiono o que poderá ser feito para a flacidez de pele?

Se o caso for de lipomastia como suspeita, a lipoaspiração poderá solucionar o seu caso. Entretanto, temos que pesquisar se existe aumento da glândula associado, o qual necessitará de remoção cirúrgica através de uma incisão na aréola em conjunto. Devemos avaliar o grau de flacidez de pele para decidirmos se será preciso retirar ou se ela poderá sofrer retração natural.

Quais os cuidados que uma pessoa que faz a correção de ginecomastia tem que fazer após a cirurgia?

Recomenda-se que o paciente use uma faixa de tórax ou uma camiseta elástica especial para manter a compressão sobre a região operada e evitar complicações do tipo: hematoma e seroma. Alerta-se para evitar esforço físico com os braços, dirigir automóvel e esportes, variando de 15 a 30 dias, de acordo com o caso.

Gostaria de saber mais sobre a anestesia, qual a melhor?

O tipo de anestesia usado na correção de ginecomastia depende do grau da ginecomastia, especificamente do seu tamanho e procedimentos necessários para sua correção. A anestesia poderá ser local e sedação ou a anestesia geral.

 
voltar 
Contato

+55 (84) 4008.3366 | 99959.1102
contato@carolinadantas.com.br

Onde estamos
Clínica de Oncologia e Mastologia de Natal
Av. Afonso Pena, 1071 - Tirol Natal-RN
Encontre no mapa
 

DRA. CAROLINA DANTAS© 2017. Todos os direitos reservados.

WSete Design