Destaques

Os benefícios da cirurgia plástica reparadora pós obesidade.

Os benefícios da cirurgia plástica reparadora pós obesidade.  

Perder peso não é só uma questão de estética, significa elevar a autoestima e conquistar qualidade de vida. As taxas de obesidade cresceram muito nos últimos anos elevando os riscos de infarto do miocárdio, hipertensão, diabetes ou arteriosclerose. Por isso, cada vez mais, obesos se submetem à cirurgia plástica de redução de estômago (cirurgia bariátrica), uma intervenção cirúrgica indicada para quem sofre de obesidade mórbida, ou índice de massa corpórea superior a 35%. Quando a obesidade atinge um nível crítico e a atividade física não causa mais efeito, é necessária uma intervenção médica. A cirurgia não tem fins estéticos, é um procedimento que vai alterar os hábitos e a qualidade de vida do paciente proporcionando uma vida mais longa e saudável. Os métodos para o tratamento cirúrgico contra a obesidade são bem radicais e devem ser feitos quando o paciente não consegue mais perder peso sozinho e corre risco de morte. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica, o procedimento é praticado no Brasil há 20 anos, sendo que foram realizados 60 mil procedimentos em 2010 no País, um aumento de 33% em relação a 2009. Para submeter-se à cirurgia, o paciente deve estar com 45 kg acima do peso ideal ou IMC superior a 35%, ter faixa etária entre 16 e 60 anos e não possuir nenhuma doença contraindicada para a cirurgia. Esse procedimento cirúrgico não é recomendado para pessoas que têm cirrose hepática, problemas graves no pulmão, lesão no músculo cardíaco e insuficiência renal. Após a cirurgia de redução de estômago, o paciente geralmente apresenta flacidez no abdômen, braços, pernas e/ou mamas. O excesso de pele pós emagrecimento pode variar em diversos graus, de acordo com a flacidez presente antes da perda de peso, quantidade de quilos eliminados, características individuais da pele, entre outros fatores. O resultado pode comprometer a aparência, a autoestima, prejudicando até a higienização de determinadas áreas do corpo. Nesses casos, o paciente deve submeter-se a cirurgia plástica pós-obesidade para corrigir os transtornos do contorno corporal provocado pela cirurgia bariátrica. As cirurgias mais realizadas pós-obesidade são: Abdominoplastia (plástica de abdome), Correção de ginecomastia, Mamoplastia (plástica das mamas), Dermolipectomia de braços e coxas e Lifting de face.

 
voltar 
Contato

+55 (84) 4008.3366 | 99959.1102
contato@carolinadantas.com.br

Onde estamos
Clínica de Oncologia e Mastologia de Natal
Av. Afonso Pena, 1071 - Tirol Natal-RN
Encontre no mapa
 

DRA. CAROLINA DANTAS© 2017. Todos os direitos reservados.

WSete Design